Curso Gestão de Risco Cibernético

Curso Gestão de Risco Cibernético

Você já pensou em aumentar suas vendas ajudando seus clientes a entenderem melhor o risco digital de seus negócios ? Pensando na necessidade dos corretores, A Clamapi Seguros lançou o curso online sobre Gestão de Riscos Cibernéticos . Com ele você terá a base necessária para lidar com os desafios dos riscos cibernéticos para sua corretora e além disso você estará mais preparado para oferecer este tipo de seguro para seus clientes. Esta videoaula dá a possibilidade de você também vendê-la sendo um afiliado da Clamapi recebendo 15% de comissão por vídeo comercializado. O curso discorre desde introdução e termos utilizados no mundo digital, Leis que afetam a Segurança da Informação (Lei do Arquivo; Lei Carolina Dieckmann; Marco Civil, BACEN, CVM, GDPR, LGPD), Transferência de Risco, Perguntas mais frequentes, e porque devo contratar o seguro cibernético.

Ao finalizar o curso, você terá conseguido avançar três grandes passos: entender melhor o risco digital em seu próprio negócio, ter mais argumentos de vendas para oferecer o seguro cibernético para seus clientes e possibilidade de agregar valor ao cliente ao oferecendo esta videoaula.

Clique aqui e veja como esse curso pode ser um diferencial na hora da escolha do seu seguro cibernético.

Fique atento aos e-mails que você recebe! Os ataques de hackers estão cada vez mais frequentes.

Fique atento aos e-mails que você recebe! Os ataques de hackers estão cada vez mais frequentes.

E-mails contendo URL’s maliciosos correspondem à 88% de todas as mensagens com links e anexos infestados por malware, segundo dados divulgados no relatório trimestral de ameaças, feito pela empresa de segurança cibernética Proofpoint. Apesar de ser um dos golpes mais antigos da internet, a invasão por e-mail phishing vem ganhando métodos mais sofisticadas nos ataques de engenharia social, direcionados a usuários e organizações. ⠀ ⠀

Desde campanhas maciças de malware direcionadas a milhões de destinatários com cavalos de Troia bancários até fraudes de e-mail cuidadosamente elaboradas, o cenário de ameaças por e-mail é extremamente diversificado, criando uma ampla gama de oportunidades para os atores de ameaças atacarem organizações”, afirmou Chris Dawson, líder em inteligências de ameaças da Proofpoint, em entrevista ao The Next Web. ⠀

A Clamapi Seguros Cibernéticos possui os melhores parceiros para ajudar a sua empresa na estruturação das melhores práticas de proteção digital. Entre em contato conosco.

LPGD só em 2020?

LPGD só em 2020?

A famosa LGPD que virou uma sombra na cola das empresas pois deverá entrar em vigor em 2020, pode virar um fantasma graças a alguns congressistas que propõe a sua prorrogação para 2022. Na minha opinião esta prorrogação seria um retrocesso pelos seguintes motivos:⠀


1. O argumento de tal prorrogação é que a maioria das empresas não estarão preparadas em agosto de 2020. Eu não acredito que em 2022 elas estarão. É muito provável que o cenário não será diferente, ou seja, a maioria das empresas não estarão preparadas em 2022.Haverá nova prorrogação em 2022?⠀

2. Prorrogar é dar um prêmio para quem não fez a sua parte. Para quem tomou as devidas providencias e se preparou para a Lei, qual a mensagem que fica?⠀

3. Comercio Internacional: Ficaremos de fora pois teremos problemas em vender para a Europa, por exemplo. Levamos 20 anos para fechar um acordo com a Comunidade Europeia e agora vamos adiar por conta desta prorrogação?⠀

4. A proteção de dados pessoais é uma das prioridades do atual governo. Dificilmente tal prorrogação será sancionada pelo Presidente da República.⠀⠀⠀

Se querem aliviar a vida das empresas, que tal reduzir a multa até 2022? Ao invés de 2% limitada a R$ 50 milhões, que tal 1% limitada a R$ 25 milhões? Mas, toda e qualquer empresa, seja qual for o tamanho ou indústria tem que entender que o foco é investir em segurança da informação e não na lei. A lei é apenas mais um dos motivos para se investir em proteção de dados; com ou sem lei a sua empresa continuará sendo alvo de ataques, que estão cada vez mais frequentes e mais sofisticados. Aliás, quem garante que a Autoridade Nacional de Dados terá braço para autuar todas empresas? ⠀

Você poderá não ser multado, mas corre risco de perder muita receita quando da ocorrência de um ataque bem-sucedido.